Notícias
Início - Notícias - Um ano após firmar contrato, Taubaté vai ter 100% de coleta seletiva

Um ano após firmar contrato, Taubaté vai ter 100% de coleta seletiva

Um ano após firmar contrato, Taubaté vai ter 100% de coleta seletiva

30/04/17

Serviço começa a funcionar no próximo mês de junho. Primeira etapa é conscientizar a população.

Coleta seletiva de resíduos sólidos começará a ser feita em Taubaté no mês de junho. (Foto: Braz Fernandes/arquivo pessoal)

Promessa do prefeito Ortiz Jr (PSDB), Taubaté vai ter coleta seletiva a partir do dia 1º de junho. O contrato, assinado com a Eco Taubaté em junho do ano passado, vai atender toda a cidade. A prefeitura aposta em ações de conscientização para iniciar o trabalho.

O contrato da prefeitura de Taubaté com a empresa custou R$ 2 bilhões e tem duração de 30 anos. Os equipamentos para o trabalho e o efetivo serão de responsabilidade da Eco Taubaté.

O trabalho será feito com oito equipes com motoristas e garis, caminhões e containers. A ideia inicial é destinar todo o material coletado à duas cooperativas da cidade. A instalação de outras cooperativas para receber materiais eletrônicos e lâmpadas é estudada, mas não há previsão para implantação.

Atualmente a coleta seletiva é feita em Taubaté, mas com pouca abrangência. Condomínios, por exemplo, já adotam a iniciativa.

Conscientização

A expectativa da prefeitura é positiva, mas alerta que a ação precisa entendida pela população. "A coleta seletiva é muito importante, mas tem uma problemática de demanda e oferta. Se o pessoal não aderir, a estrutura fica ociosa. É um processo de médio a longo prazo, mas esperamos um ótimo retorno da população", disse o secretário de Serviços Públicos, Alexandre Magno.

Os moradores devem separar os lixo reciclável para facilitar a coleta pela equipe. Segundo a prefeitura, os dias em que os caminhões passsarão nos bairros serão divulgados nas abordagens e campanhas.

O biólogo Júlio Voltini explica a coleta seletiva é uma ação que tem impacto no meio ambiente. "Dependendo do local de descarte, o lixo pode poluir o solo e os lençois freáticos, prejudicando até o abastecimento de águas dos moradores", disse.

Outro ponto que poderia ser explorado pela prefeitura, segundo Júlio, seria a elaboração de planilhhas das demandas de cada bairro. Assim seria possível direcionar as atenções de acordo com as necessidades das regiões.

Conscientização

Para estimular a participação das pessoas, a prefeitura organizará ações que serão aplicadas em escolas, casas e locais públicos de Taubaté. Durante as abordagens serão entregues panfletos alertando para a importância da participação das pessoas no processo.

(*) Colaborou João Mota

Fonte: G1
https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/um-ano-apos-firmar-contrato-taubate-vai-ter-100-de-coleta-seletiva.ghtml