Notícias
Início - Notícias - Cuidados no descarte de resíduos contaminados e suspeitos de COVID-19

Cuidados no descarte de resíduos contaminados e suspeitos de COVID-19

Cuidados no descarte de resíduos contaminados e suspeitos de COVID-19

09/07/20

Você sabia que, quando há casos confirmados ou suspeitos de COVID-19 na sua casa, seu resíduo passa a ser considerado infectado?

 

Pensando nisso, nós, da EcoTaubaté, reunimos algumas dicas e cuidados que devem ser tomados com o descarte do lixo para combater a propagação da doença.

 

1.       Utilize uma lixeira com tampa para o descarte dos resíduos da residência, inclusive para luvas e máscaras utilizadas pelos moradores;

2.       Prepare uma solução com 2 ½ colheres de sopa de água sanitária para 1L de água e borrife na lixeira sempre que manuseá-la;

3.       Não utilize a capacidade máxima dos sacos de lixo, coloque até 2/3 da capacidade;

4.       Utilize 2 sacos para armazenar o lixo, não se esqueça de fechar bem com um lacre ou um nó;

5.       Borrife a solução de água sanitária nos sacos;

6.       Em caso de suspeita ou confirmação de contaminação pelo Covid-19, não separe seu material reciclável, pois podem oferecer risco aos cooperados das centrais de triagem;

7.       Escreva de forma legível e visível “Resíduo infectante Covid-19”;

8.       Coloque os sacos para a coleta de acordo com os dias e horários das coletas (http://www.ecotaubate.com.br/coletas-domiciliares);

9.       Caso more em condomínio, informe seu síndico sobre a situação para que sejam adotados os protocolos internos de prevenção da contaminação dos funcionários.

 

Se não houver suspeitas ou confirmação da doença, continue separando os resíduos recicláveis e leve ao PEV mais próximo da sua residência ou confirme se o caminhão da coleta seletiva está passando no seu bairro (http://www.ecotaubate.com.br/coletas-domiciliares-reciclaveis).

 

O trabalho de limpeza urbana é essencial para a saúde da população e não pode parar nesse momento. Por isso, colabore para a saúde e bem-estar dos nossos colaboradores.

 

Referências:

http://abrelpe.org.br/abrelpe-no-combate-a-covid-19/

https://www.metropoles.com/saude/como-descartar-o-lixo-de-uma-pessoa-contaminada-pelo-coronavirus

http://portal.anvisa.gov.br/documents/219201/5923491/NT+47-2020+-GHCOS/2a2e1688-76f2-4de4-a4c8-c050d780b9d7