Perguntas Frequentes
EcoTaubaté

A reciclagem permite a reutilização dos resíduos como matéria-prima de novos produtos, o que reduz o consumo de recursos naturais e contribui para a preservação do meio ambiente. Confira a lista dos principais materiais recicláveis

Os resíduos devem ser separados em seco e úmido. Os materiais como plástico, metal, vidro e papel - devem estar limpos e destinados ao lixo seco. O que não pode ser reciclado ou está sujo e molhado – sobras de alimentos, papel ou plástico sujo – vai para o lixo úmido. Confira o calendário da coleta seletiva no seu bairro

São materiais que não podem ser descartados no lixo comum, nem ir para a reciclagem ou despejados na rede de esgoto. Em geral, são resíduos de hospitais e clínicas, com  substâncias que podem causar danos à saúde. Também são contaminantes os resíduos de substâncias tóxicas, inflamáveis ou radiativas e objetos cortantes ou perfurantes.

A cidade de Taubaté possui 10 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) que recebem esse material. Confira o endereço do PEV mais próximo de você

Medicamentos sem uso ou fora do prazo de validade devem ser entregues nas farmácias. Não podem ser despejados nos aterros sanitários, pois contaminam o solo e a água.

O óleo usado não deve ser descartado no lixo comum nem na rede de esgoto. Informe-se no Departamento de Serviços Urbanos da Prefeitura onde descartar. (12) 3625-5020

Abreviatura de resíduos sólidos urbanos, ou seja, o lixo doméstico do dia a dia.

É uma instalação utilizada para a deposição controlada de resíduos, acima ou abaixo da superfície natural, que comporta três atividades: lançamento ordenado dos resíduos, que são cobertos por terra ou material semelhante; controle das águas lixiviantes e dos gases produzidos; e monitoramento do impacto ambiental durante e depois da operação.

Não, desde que cumpram as normas legais de funcionamento.

É o local para onde são encaminhados os resíduos provenientes da coleta seletiva e dos PEVs. Depois de selecionados com base no tipo de material, os resíduos são destinados à indústria de reciclagem.

É um centro onde os resíduos sólidos urbanos são levados para serem transferidos para carretas e encaminhados ao aterro para destinação final.

É um centro de recepção de resíduos, que, por processos manuais, mecânicos, físicos, químicos ou biológicos, altera as características do material para reduzir seu volume ou periculosidade e facilitar a movimentação, a valorização ou a eliminação.

É um processo utilizado para eliminar resíduos perigosos por meio de alta temperatura (de 900 a 1.250ºC). Também pode ser incinerado tudo o que, sendo orgânico, já não é reutilizável ou reciclável. A queima do lixo reduz o volume a ser descartado e o impacto ambiental e prolonga a vida útil dos aterros sanitários.

É a decomposição controlada de matéria orgânica, realizada por microrganismos (bactérias e fungos) para obter material estável, rico em húmus e nutrientes minerais, apropriado para ser usado como adubo.

A reciclagem contribui para reduzir a quantidade de lixo a ser enviado aos aterros sanitários, o que poupa água e energia, diminui a poluição e preserva os recursos naturais. Além disso, reduz gastos com a limpeza pública, gera emprego e renda com a doação dos recicláveis para as cooperativas.

Denuncie no setor de protocolo da Prefeitura.

Se a obra gerou até 1m³ de entulho pode ser levado até o PEV mais próximo de sua casa. Para quantidades acima de 1 m³ você deverá contratar um serviço particular de remoção.